sábado, 6 de junho de 2009

Poema de uma tecla SÓ

SÓ SÓ SÓ
SÓ SÓ SÓ
SÓ SÓ SÓ

SÓ SÓ SÓ
SÓ SÓ SÓ
SÓ SÓ SÓ SÓ

SÓ SÓ SÓ
SÓ SÓ
SÓ SÓ SÓ


SÓ SÓ SÓ SÓ
SÓ SÓ SÓ



Mariana Bizinotto – 12/05/2009

6 comentários:

Rainer Petter disse...

hehehehe
gostei desse,
bem direto ^_^

Mariana Bizinotto disse...

Oi!
Também gostei muito, apesar5 de swimples a primeira vista, e direto, tem todo um pensamento por trás...
e um questionamento estético e de conteúdo...
Bjoss

Rodrigo Moreira Pinto disse...

eu tentei imaginar alguma imagem formada por este poema. ele sugere, mas talvez por cansaso ou falta de imaginação não consegui formar nenhuma =P

Mariana Bizinotto disse...

Olá,
Sim a mim também sugere imagem...
essa sugestão de imagem também é algo pessoal, depende da vivência de mundo de cada um. As imagens podem ser ligeiramete diferentes, conter algo pessoal do leitor ou não.
Obrigada pela contribuição. Espero que volte sempre.
Abraços
:D

rejane.marques disse...

A mim.. fica sensação de movimento... constane.. inconstante... só!

Mariana Bizinotto disse...

visualmente sim, também percebo...

"só!" pra ti tb!