terça-feira, 22 de junho de 2010


ASSUNTO: Nanocontos: tiras literárias

Mãos dadas pelas ruas. Ele conduzido por ela. Coração apertado pela separação: primeiro dia de aula

O termo pode até não ser novo, mas eu nunca tinha ouvido falar antes de nanocontos como este acima. O fato é que o editor, escritor e roteirista de HQs Edson Rossatto passou a se dedicar a este gênero nas últimas semanas com resultados fascinantes.

Os nanocontos estão para a literatura assim como as tiras estão para os quadrinhos: uma mensagem rápida, de sentido completo e instantâneo, num espaço reduzido (exatos 100 caracteres, neste caso).

As tiras, aliás, foram a inspiração de Edson: "Eu via meus amigos quadrinhistas publicando suas tiras e sentia vontade de fazer o mesmo. Só que eu não sei desenhar, sei escrever; então, parti para um formato literário que tivesse o mesmo efeito”.

O autor começou a publicar os nanocontos diariamente em seu perfil twitter, mas logo criou um específico (@cem_toques) e, mais recentemente, o blog Cem Toques Cravados - www.cemtoquescravados.com (o nome é uma homenagem ao livro de Mário Lago, 16 Linhas Cravadas).

O blog já tem mais de 80 nanocontos publicados e o número cresce a cada dia. A ideia de Edson é reuni-los em livro quando a produção atingir a marca de 300 textos. Para divulgar o blog, o autor está realizando uma promoção com sorteio de cinco títulos de sua editora, a Andross.

Edson Rossatto já tem boa experiência com textos curtos. Ele escreveu um livro (Curta-Metragem) e organizou outros dois (Expresso 600 e Histórias Liliputianas) só com microcontos (textos com até 600 caracteres). Veja alguns dos nanocontos já publicados no blog:

Triste, afogou as mágoas na bebida e acabou com tudo: mandou chover quarenta dias e quarenta noites.

Queria que o pai comprasse um novo porque o outro morreu. “Irmãos não são vendidos em lojas, filho.”

“Só acredito vendo”, disse Tomé. Então Jesus se deitou no chão e fez trezentas flexões em um minuto.


MATÉRIA PUBLICADA ORIGINALMENTE NO SITEhttp://www.papodequadrinho.com/

Um comentário:

Fanzine Episódio Cultural disse...

COMO PARTICIPAR NAS EDIÇÕES DO EPISÓDIO CULTURAL?
O Fanzine Episódio Cultural é um jornal bimestral sem fins lucrativos, distribuído gratuitamente no sul de Minas Gerais, São Paulo (capital), Salvador-BA e Rio de Janeiro. Para participar basta enviar um artigo sobre esporte, moda, sociedade, curiosidades, artesanato, artes plásticas, turismo, biografias, livros, curiosidades, folclore, saúde, Teatro, cinema, revistas, fanzines, música, fotografia, mini contos, poemas, etc.
Contato: Carlos (editor)
(35) 3295-6106
(35) 8833-9255
machadocultural@gmail.com
http://www.fanzineepisodiocultural.blogspot.com
Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=1464676950&ref=profile